A Lebre e a Tartaruga é uma história muito engraçada e intrigante, pois reúne personagens com características únicas e muito divertidas.

Assim como ocorre com todas as fábulas de Esopo (620 a. C. a 564 a. C.), esta tem como principal intuito o uso de ensinamentos populares em histórias, para formar a personalidade das crianças com bons valores sociais.

Seja apenas para ler antes de dormir ou para usar durante as aulas, a história da rápida lebre e da lenta tartaruga certamente traz muitos ensinamentos e tem grande potencial para fixá-los na personalidade dos pequenos.

Se você ficou curioso para conhecê-la, veja mais nos próximos tópicos, onde lhe mostraremos a história completa e muito mais!

Autor de A Lebre e a Tartaruga 

O autor da história A lebre e a Tartaruga é um famoso contador de fábulas que se chamava Esopo e vivia na Grécia dos anos 620 a. C e 564 a.C.

Embora sejam bem antigas, por terem quase 2500 anos, suas histórias fazem sucesso até hoje, uma vez que ajudam na educação infantil, por serem repletas de ensinamentos e reflexões.

Estas historinhas são protagonizadas por animais, para que seja possível mexer com o imaginário dos pequenos, por atribuir aos bichos características humanas.

a lebre e a tartaruga
(Foto: Bedroom Furniture)

Não se sabe se estas histórias foram criadas por ele ou se faziam parte do imaginário popular, mas certamente foram e até hoje são muito importantes para a educação do mundo todo ao longo dos séculos.

Leia ainda sobre a História da Cinderela e descubra os segredos desse conto infantil.

Resumo 

A Lebre e a Tartaruga é uma fábula que fala sobre dois animais muito diferentes que disputam uma corrida.

O grande problema é que a lebre é muito convencida, e se acha o animal mais rápido de toda a floresta, por isso vive se gabando.

Por se gabar tanto ela acaba se prejudicando, e dando oportunidade para que a tartaruga possa lhe provar que está errada.

Para conhecer o final da história, basta ler o próximo tópico, onde poderá se divertir com estes dois personagens.

História completa 

Era uma vez uma floresta onde havia muitos animais, e dentre eles uma lebre que adorava se gabar por ser o animal mais rápido do local.

Por ser rápida, vivia querendo disputar corrida com os outros bichos, sendo que todos eles perdiam dela, o que só aumentava sua soberba e o orgulho.

O único animal da floresta que não tinha disputado nenhuma corrida com ela era a tartaruga, que era muito quietinha e não gostava nada de se mostrar.

Vendo que a tartaruga pouco se importava com o fato de ser lenta, a lebre resolveu desafiá-la, pedindo que apostassem uma corrida.

A tartaruga já estava tão cansada de aguentar a lebre se gabando que resolveu tentar, e então aceitou o desafio.

No dia seguinte toda a floresta estava animada, pois era chegado o dia da corrida que comprovaria que a lebre era realmente o animal mais rápido.

Dado o sinal de largada, a lebre saiu correndo à frente, enquanto a tartaruga dava passos lentos, indo um por um e avançando em seu ritmo.

Ao ver que a tartaruga estava muito atrás, a lebre pensou:

– Nossa, ela está tão atrás que se eu tirar um cochilo nessa lentidão ainda não deve chegar aqui.

Pensando ser uma boa ideia, a lebre encostou-se a uma árvore e dormiu, enquanto a tartaruga persistia e seguia seu caminho.

O que a lebre não contava é que seu sono duraria demais, e quando acordou a tartaruga já havia lhe passado fazia tempo.

A lebre até tentou correr, mas perdeu tanto tempo dormindo que quando acordou a tartaruga já estava a um passo da linha de chegada, então não adiantou nada.

Ao ver que havia perdido a lebre ficou muito triste, e então a tartaruga lhe disse:

– Devagar se vai ao longe, então tenha mais atenção e corra menos!

Neste dia a lebre perdeu seu posto de animal mais rápido da floresta e então nunca mais se gabou.

Moral da fábula A Lebre e a Tartaruga 

Todas as fábulas trazem consigo uma moral, que tem como intuito ensinar às crianças, e também aos adultos, sobre valores que serão muito úteis para a vida.

A Lebre e a Tartaruga é uma história muito rica em ensinamentos, pois mostra aos pequenos que estes não devem sentir-se melhores do que ninguém, pois todos são capazes, cada um do seu jeito.

Por mais que a tartaruga fosse lenta, em seu ritmo ela chegou até a linha de chegada, enquanto a lebre foi tão orgulhosa que não chegou a tempo, embora fosse muito mais rápida que sua adversária de corrida.

a lebre e a tartaruga fábulas de esopo
(Foto: Run Verity)

Além disso, isto também ensina que cada um deve respeitar seu ritmo, assim como a tartaruga o fez, além de não deixar de tentar, pois tudo é possível quando se tem determinação.

Conheça também a história do Pinóquio.

Atividades sobre a história

Existem muitas atividades que podem ser desenvolvidas através da fábula A Lebre e a Tartaruga, visto que é divertida e tem muitos elementos que servem para ensinar.

Uma sugestão muito interessante é pedir que os pequenos dêem características para os personagens principais, bastando colocar os nomes, um de cada lado, e escrevendo logo abaixo o que as crianças disseram.

Isto pode dar abertura para uma conversa, onde as crianças aprenderão sobre características boas e ruins, vendo como é possível agir da melhor forma e consertar o que não é legal.

Também é possível organizar peças de teatro, que possibilitem que a criança entre no universo e se veja na pele dos personagens, assim poderá ver como as atitudes devem ser gentis.

Veja algumas ideias de atividades para imprimir:

autor da fabula
(Foto: soescola)
atividades para educação infantil
(Foto: soescola)
desenhos para colorir
(Foto: professorasnaweb)

Para crianças bem pequenas vale usar ilustrações da história A Lebre e a Tartaruga para colorir, pois assim verão como são os animais e aprenderão a diferenciá-los.

Leia também:

Deixe um comentário